Superintendência Regional do Trabalho e Emprego
  Clique para retornar à página inicial.

Data

UF SRTE/RS - Rio Grande do Sul






DRT/RS têm 50mil carteiras de trabalho extraviadas






DRT/RS têm 50mil carteiras de trabalho extraviadas

DRT/RS têm 50mil carteiras de trabalho extraviadas

O documento é necessário na hora de solicitar aposentadoria.

A Delegacia Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul (DRT/RS) já cadastrou, em um sistema informatizado, mais de 33 mil carteiras de trabalho de trabalho que foram perdidas ou extraviadas. A previsão é de que as 20 mil que ainda faltam catalogar sejam colocadas no sistema até o final do ano.

O setor de achados e perdidos da Empresa de Correios e Telégrafos entregam, por mês, na DRT/RS cerca de 120 CTPS. Por dia, procuram pelo documento cerca 15 trabalhadores.

Na carteira de trabalho é registrado o histórico profissional do trabalhador, com todos os seus vínculos empregatícios e tempo de serviço necessário para encaminhar a aposentadoria. Quando o trabalhador perde a carteira, onde constam essas informações, tem que solicitar a declaração de vínculo nas empresas em que trabalhou. Entretanto, encontra dificuldades quando o estabelecimento encerrou suas atividades.

Segundo o chefe da Seção de Emprego e Salário da DRT/RS, João Barcelos Laureano, recentemente um senhor encontrou as três carteiras que tinha perdido, uma delas há mais de oito anos. "Nas carteiras contavam informações que faltavam para o encaminhamento da sua aposentadoria", conta.

As carteiras perdidas estão disponíveis no primeiro andar da DRT/RS, na sala 109, Avenida Mauá, 1.013, Porto Alegre, das 8h às 11h30min e das 13h às 17h. Para retirá-las, tem que apresentar um documento de identidade e, quando for para terceiros, autorização por escrito do proprietário.

Comunicação da DRT/RS: Flávia Dias ou Adriano Marcelo

51-3211-1250 begin_of_the_skype_highlighting            51-3211-1250      





Webmail MTE | Todos os direitos reservados MTE © 1997-2008




Contador de páginas