Imprensa

Imprensa
  Clique para retornar à página inicial.

Data


 
 


 


Atenção para o novo prefixo dos telefones do MTE: 2031
Esplanada dos Ministérios
Bloco F - CEP: 70056-900
Brasília - DF

Telefone: (61) 2031-6000

Horário de atendimento:
segunda a sexta,
das 8:00 às 18:00





Notícia






Receba notícias do MTE em tempo real.

MTE vai qualificar 7 mil jovens carentes de São Gonçalo (RJ)

Ministro Carlos Lupi assina protocolo de intenções com prefeita Aparecida Panisset e prevê geração recorde de empregos na região

Rio de Janeiro, 27/12/2007 - Uma parceria firmada entre o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e a Prefeitura de São Gonçalo (RJ) pode qualificar profissionalmente 7 mil jovens carentes do município através do programa Juventude Cidadã, oferecendo a cada um deles uma bolsa de R$ 600 ao longo do curso. O protocolo de intenções no valor de R$ 11 milhões foi assinado nesta quinta-feira (27) pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, e a prefeita da cidade, Aparecida Panisset, na sede da prefeitura.

O ministro destacou que São Gonçalo é uma cidade estratégia, pois conta com quase um milhão de habitantes. "Por isso é necessário e importante a qualificação profissional para jovens que pretendem ingressar no mercado de trabalho", disse.

Lupi lembrou que o estado do Rio de Janeiro registrou até novembro deste ano um novo recorde na geração se empregos formais (expansão de 140 mil postos) e destacou o impacto da construção do Complexo Petroquímico de Itaboraí, parceria entre a Petrobras e a iniciativa privada. "São 200 mil empregos que vão revitalizar toda esta região e os jovens daqui precisam estar capacitados para não perderem as oportunidades que já estão surgindo", afirmou.

Se aprovado, o programa terá a duração de nove meses, com 400 horas de aula. Neste período, os participantes terão a oportunidade de aprender uma profissão por meio de aulas teóricas e práticas, voltadas para as exigências do mercado local. O curso também oferece formação em cidadania e direitos humanos, além de estimular a elevação da escolaridade e a prestação serviços voluntários à comunidade. Os participantes que comprovarem freqüência nas aulas e realizarem o serviço comunitário receberão o auxílio de R$ 600, dividido em parcelas mensais.

O MTE vai investir R$ 10,9 milhões na iniciativa, sendo R$ 6,7 milhões nos cursos de capacitação e R$ 4,2 milhões para o pagamento da bolsa-auxílio aos estudantes.  Em contrapartida, a prefeitura se compromete a direcionar R$ 1,3 milhão para o projeto.

Bandeira - O programa Juventude Cidadã é uma das ações de qualificação do MTE para jovens carentes, provenientes de famílias com renda per capta de até meio samário mínimo, com baixo nível de escolaridade e idade entre 16 e 24 anos. Além de oferecer a formação profissional, o programa tem como meta obrigatória a inserção de pelo menos 30% dos participantes que concluírem o curso no mercado de trabalho.

Desde que assumiu o ministério, em abril de 2007, o ministro Lupi elegeu como prioridade a capacitação profissional do trabalhador, tanto para jovens à procura do primeiro emprego como para os trabalhadores que estão fora do mercado. Nos dois casos, a falta de qualificação é um dos maiores obstáculos para a conquista de um emprego com carteira assinada.

A partir de 2008, o Juventude Cidadã estará inserido no novo Projovem, programa lançado este ano pelo Governo Federal que vai integrar todas as ações do governo nesta área. O Projovem irá prestar assistência a brasileiros de 18 a 29 anos, ampliando o atendimento à população que não completou o ensino médio e também não teve a oportunidade de passar por um curso de formação profissional.

Assessoria de Imprensa do MTE

(61) 3317-6537 / 6540 - acs@mte.gov.br






 



Webmail MTE | Todos os direitos reservados MTE © 1997-2008




Contador de páginas